sábado, setembro 29, 2007
Um vê-os onde não os há...outro não vê os que são!!

18 comments:

Eskisito disse...

Hãããããã?
Beijos

Dina disse...

Andas desatento...

Espectacologica disse...

Pois é que este fiscal de linha era o mesmo do outro jogo e portanto o melhor foi ignorá-lo não fosse depois ter que pedir desculpa como o outro...

(Tentei ligar-te... amanhã tento novamente... e tal... beijos)

Repórter disse...

A bem do futebol, vamos ver se nos entendemos.
Se te referes ao lance na área do Benfica, a bola não vai ao braço de Katsouranis mas sim ao ombro, que não faz parte do braço. Logo, nada a assinalar.

Quase no final, alguém reparou na claríssima falta para grande penalidade cometida sobre Fredy Addu?

A mania da perseguição sempre foi uma doença praticamente incurável.

Coisas do futebol.
Ou alguém vai passar a semana a chorar?

Espectacologica disse...

A tua tv deve ser muito boa... ainda bem... para ti...

Repórter disse...

espectacológica

Sabes que tenho uma grande consideração por ti.
Por isso, recuso-me a falar sobre futebol.
Só não viu quem não quis ver e isso é grave.

PS: refiro-me ao jogo Benfica vs Sporting

Dina disse...

Reporter refiro-me a DOIS penalties que ficaram por marcar a favor do Sporting, um deles precisamente nesse lance a que te referes porque o jogador ajeitou a bola para a conseguir dominar e isso transforma o lance em penaltie...aqui e na China se for preciso e sim tens razão no final ficou por marcar um penaltie a favor do Benfica, mas se esse tivesse sido marcado era o fim da macacada...acho que afinal ele até teve consciência do que tinha feito e faltou-lhe a coragem para assinalar esse, aí sim teria que pedir muitas vezes desculpa.Repara que eu não disse que ele não tinha marcado só ao SPORTING mas parece que na tua TV só se viu o do BENFICA...a bem do futebol em que ficamos?? Eu vi penalties para os dois lados...tu só viste para o BENFICA???

Repórter disse...

Estou num patamar muito superior ao vosso (teu e da Espectacológica).
Não sou fanático. Vejo as coisas com isenção. Tanto me faz que ganhe um como o outro.
A minha televisão transmite as mesmas imagens que as vossas.

Outra das minhas vantagens é que estou ligado ao desporto em geral e ao futebol em particular. Por isso, sei analisar no concreto e não no que me dá jeito.

Desde quando o ombro faz parte do braço? Vamos estudar anatomia para perceber isso?
Não há, repito, não há falta para grande penalidade.
Foi isso que Pedro Henriques foi dizer ao seu auxiliar (e não fiscal de linha).

Façam o vosso campeonato, jogando bem, de preferência, e deixem os outros, sejam quem forem, em paz.

Já disse aqui que a mania da perseguição é uma doença incurável, logo perigosa.

A bem do futebol, e no teu próprio, aconselho calma. Cuidado com o coração.
E como sei que o teu coração é grande, não gostaria nada de o ver atacado.

Toma lá um beijinho e não te enerves...

Espectacologica disse...

Realmente é bem verdade que reconhecemos com facilidade nos outros as nossas próprias "falhas".
Tu és isento? Não me faças rir, Repórter!
Fica lá no teu patamar superior, mas compra uns binóculos graduados porque andas a ver mal...

Repórter disse...

Não te ofendi, Espectacologica e não admito que me faças o que não te fiz.
Opiniões são o que são e valem o que valem.
Não sou mais nem menos isento que tu. Sou isento, e isso diz tudo.
E fico no meu patamar superior porque é onde tenho o direito de estar.

Já agora diz lá o que são binóculos graduados...

Vai com calma. Mede as palavras antes de as escrever.
Não estás só no mundo.

Não estou contra ti mas contra a tua forma de ver as coisas.
Estimo-te com ser humano e como amiga. O mesmo não acontece quanto à tua perspectiva e falta de isenção.

Espectacologica disse...

Ah e eu ofendi-te? Onde? Quando digo que reconhecemos as nossas próprias falhas nos outros? É a minha opinião. Ofende-te? Quem te disse a ti que não sou isenta? Tens a tua opinião e eu a minha, mas já te leio faz tempo e desculpa que te diga mas isento tu não és (nem no futebol!) e acusas-me precisamente de ser o que tu não és, isento.

Não explico isso dos binóculos graduados porque tu és inteligente e se te deres ao trabalho de pensar chegas lá...

Agora 'tás a querer mudar a minha maneira de ser e estar, é? Não penses nisso! O que eu escrevo e digo vem-me de dentro e portanto não há nada que deva ser corrigido, mas se queres ir por aí mede tu primeiro o que escreves e depois exige isso dos outros, sei lá...

Eu aceito-te como és e não te estou a tentar "emendar" em nada. Porque não fazes tu o mesmo?

Repórter disse...

Espectacológica

Não vou mais entrar em diálogo contigo.
Nunca mais!
Surpreendeste-me pela negativa.
E quem assim procede, de mim não ouve nem mais uma palavra.

Lamento que tudo isto se esteja a passar.
Mas, já que se chegou a este patamar, lá vai.

- O espaço não é meu nem teu;
- O que te leva a dizer que não sou isento, nem no futebol?
- Não falo nem escrevo a reboque de nada nem de ninguém;
- Se não sabes o que significa o termo ofensa, o problema não é meu;

Podia enumerar uma série de coisas mas, com toda a sinceridade, não me apetece.
O conteúdo da conversa não merece.

Peço desculpa à Dina e aos leitores deste blogue que em nada contribuiram para esta situação patética.

Apaguei o teu blogue dos meus favoritos. Ficas, desde já, à vontade para fazeres o mesmo em relação ao meu.

Tenho pena. Sinceramente tenho. Mas chega!

Desejo-te muita saúde e tudo de bom.

Espectacologica disse...

Está bem Repórter, apaga tudo.
Interpretações há muitas e cada um sabe de si.

Desejo-te tudo isso e muita luz.

Dina disse...

O que é que se passou aqui???
Lamento sinceramente que vocês os dois tenham chegado a este ponto...ainda por cima por um motivo destes.
Querem fazer o favor de acalmarem e voltarem a colocar tudo no lugar?
Não deixem que um motivo como este estrague uma amizade que têm vindo a construir.Não vale a pena.

Repórter disse...

Nada mais tenho a acrescentar, a não ser o facto de lamentar o sucedido.
Não há motivos melhores nem piores.

Tenho pena de que possa estar em risco uma amizade, ainda que virtual, que construímos.
Mas tudo tem os seus limites.

Saúdo-vos, a ambas, porque sei que merecem.

Dina disse...

Vocês deixem passar uns dias e façam lá as pazes s.f.f....olhem que eu dou-vos um puxão de orelhas aos dois!
ai,ai,ai...

Eskisito disse...

Depois de já ter lido os comentários todos tenho a dizer:
Hããããããããã????
Beijos

Repórter disse...

Por mim tudo bem, Dina.

Não quero um puxão de orelhas.

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue