sábado, setembro 22, 2007


Todos os dias a esta hora assisto, sem tradutor infelizmente, a um reencontro de todos os pássaros que vivem nas árvores do meu quintal e todos os dias a alegria e o colocar da conversa em dia se repete...
De que falarão eles uns com os outros?
Não faço ideia mas as minhas cadelas, talvez por inveja, tentam estragar o reencontro obrigando-os a calarem-se por alguns segundos...para recomeçarem de novo o alegre chilreado.

Foto:Luis Violante

6 comments:

Pitanga disse...

Devem estar a contar...piadas.
Aahahaha.

beijos de domingo

Repórter disse...

Essas "conversas" são deliciosas.
Também me entretenho a ouvi-las, como se as percebesse.
É, no fundo, um exercício que me leva, quantas vezes, à abstração e a um imaginário que impressiona.
De que "falam"? Não importa. Sei que me sinto bem a ouvi-los.
E a minha cadela percebe. Fica a ouvir, junto a mim, sem interromper a meditação.

elvira carvalho disse...

Olha que sorte, serenata todos os dias no quintal...
Um abraço. Bom Domingo

Dina disse...

É verdade Elvira a esta hora eles cantam todos ao mesmo tempo...

Ninica disse...

A natureza fornece-nos momentos tão especiais!

Azul disse...

Eu, que vivo no meio da cidade, entre betão e algum verde, sempre que acordo de manhã e oiço o chilrear dos passáros - coisa rara- sei que o dia me vai correr bem!

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue