sexta-feira, setembro 07, 2007

Nunca escrevi nada sobre o caso Maddie. Acho que é demasiado sério e doloroso e que já há muita gente a lançar postas de pescada para o ar.
Todos se sentem no direito de achar que as coisas se passaram desta ou daquela maneira e muitos apontam o dedo acusador na direcção dos pais.
Acho que se alguém levou Maddie naquela noite o castigo para os pais já é bem grande. A culpa é algo que os vai corroer por dentro e os vai acompanhar para sempre.
Muita gente começou depois a acusar os pais de serem os responsáveis pela sua morte. Mesmo sem terem qualquer fundamento para isso. Apenas porque achavam que qualquer coisa lhes cheirava mal na história, diziam uns, porque tinham sido os últimos a vê-la viva...e por aí fora. Já ouvi tanta versão!
Sempre disse que não achava que os pais tivessem algo a ver com a sua morte, se ela morreu mesmo, porque por enquanto é mais uma hipóteses como já foi a do sequestro.
Não quero acreditar que qualquer deles está envolvido no caso, parece-me que a ser assim não tinham ficado em Portugal estes 4 meses. Ninguém os impediu de ir para casa, se ficaram não será porque queriam saber o que se passou naquela noite?
Se ficaram tendo algo a ver com a morte da filha...que tipo de pessoas são?
Continuo a achar, apesar de tudo o que se diz, que os pais só são culpados porque a deixaram sozinha...espero sinceramente ter razão porque depois de todo este aparato montado para encontrarem a filha, das viagens a vários países, da ida ao Vaticano, dos apelos ao(s) raptor(es), se ficar provado que tudo isso foi uma encenação...então não há perdão para eles.
Seria também uma afronta a todos os pais que continuam à procura dos filhos, levados por gente sem escrúpulos e que nunca tiveram a ajuda e o apoio recebido pelos McCann.

8 comments:

Repórter disse...

Não será suficiente uma culpa por terem deixado os filhos sozinhos?
Não sou investigador. Mas sei somar 2+2=4.
O facto de terem ficado em Portugal, não os iliba de coisa nenhuma. A fuga torná-los-ia mais suspeitos.
O périplo que fizeram por alguns países não passou de uma manobra de marketing a favor deles próprios. Ou pensariam que o Papa iria investigar?
O que se passou exactamente na noite do desaparecimento de Maddie?
Porque deixam, esses pais, três crianças entregues à sua sorte num quarto enquanto se banqueteavam, e sabe-se lá que mais, a distância considerável?
Por que razão o desaparecimento foi comunicado tão tarde?
Cabe na cabeça de alguém, normal, que os senhores pais passassem a vida a passer, com o ar mais sereno do mundo, enquanto nada se sabia da filha? Ou melhor, enquanto nós nada sabíamos da filha deles?

Investiguem-nos sim. E a sério.
Cheira-me a esturro.

elvira disse...

Também penso que ainda que não tenham tido nada a ver com o que aconteceu á filha, são culpados sim. Eu nunca deixei o meu filho sózinho em casa, e chegava a vir do mercado derriada, com o bebé no cinto e os sacos na mão. E penso mais. Que não sou excepção nenhuma e que a grande maioria das mães age assim. Não entendo que se deixem 3 crianças sózinhas em casa... E muito menos tendo acesso a amas, que poderiam ficar a tomar conta das crianças.Isso é uma culpa de que não se livram, seja qual fôr o resultado das investigações.
Também quero acreditar que esta seja a única culpa. E penso que se assim não fôr, será mais uma amostra da hipócrisia e mistificação a que o ser humano é capaz de chegar.
Um abraço

SoNosCredita disse...

"Acho que se alguém levou Maddie naquela noite o castigo para os pais já é bem grande. A culpa é algo que os vai corroer por dentro e os vai acompanhar para sempre."

foi o q smp disse...

a negligência deles foi evidente, mas tb ñ creio q tenham desaparecido com ela.
de qq forma, tb percebo as especulações. ñ nos podemos esquecer do "caso Joana". por mais incrível q pareça, tudo é possível! as pessoas são capazes de coisas q muitas vezes nem imaginamos...

ainda assim, ñ acredito q a Maddie tenha sido morta pelos pais.

Eskisito disse...

Não gramo ingleses. Mas, acho que desta vez as coisas não são tão preto no branco.
Mas, estou como tu, quanto menos falar nisso melhor.
Beijos

Bruno Plácido disse...

Um tema que ainda irá dar panos para mangas...

Sou daqueles que não acredita que os pais estejam envolvidos no caso...
Tal como vejo com alguma crueldade aqueles que teimam em “incriminar” esta família pelo facto de terem ido jantar a poucos metros da habitação...Não digo com isto que concordo com o que fizeram, ou que seria capaz de fazer o mesmo! Mas não bastará já o sentimento de “culpa” que estes pais sentirão sobre si??

Aponto mais o dedo ao modo de actuação das autoridades portuguesas... Temos o mundo inteiro de olhos postos na actuação da polícia portuguesa... Desta vez há uma pequena-grande diferença: Não temos só a RTP, SIC ou TVI a “em cima” das possíveis falhas da nossa polícia. Temos o mundo inteiro!!!!!!!
Informação e contra-informação é algo que vemos tds os dias.... seja na Sky, na BBC, CNN, TVE, ... E isto graças a quê??
- À teimosia, birra, casmurrice da PSP em não falar com a comunicação social... é o “quero, posso e mando!” Prova disso: (e entrando noutro assunto) os recentes assaltos a Bancos no norte do país.
Alguém viu nos últimos dias a PSP a ir à Comunicação Social mostrar a cara dos assaltantes, para que, junto com a população, se chegasse a esses homens???
Possivelmente até passei por eles lado a lado na rua e não sei quem são!!

No caso da pequena Maddy, e em tantos outros, acho essencial uma maior articulação entre Autoridades policiais e o poder da comunicação social... Tal como se faz nos EUA ou na Inglaterra!

Neste caso, e mais uma vez, acho k Portugal vai ficar mal na fotografia!
Seremos capaz de desvendar este caso????

Alguém me diz quantas pessoas trabalham na Polícia de Investigação em Portugal??????????????
A resposta para este atabalhoado trabalho policial esta certamente aqui!

Bruno Plácido

Bruno Plácido disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Azul disse...

tenho evitado fazer comentários sobre o assunto, e guardado para mim aquilo que penso.Mas realmente, há factores que me levam a crer que , de alguma forma eles estão envolvidos.é óbvio que me custa bastante pensar que raio de gente faria mal a um filho, mas infelizmente, há tantos casos por este mundo fora que nos deixam com um nó na garaganta, de tão terríveis que são.
As provas até agora apuradas, e desde o início, levam-me a pensar o pior, e que nem quero sequer imaginar...
E precisamente o facto de agora terem decidido regressar a Inglaterra, mais ajuda a conciliar o que pensava.
De resto, só espero que o caso se resolva, que os culpados sejam apanhados e devidamente castigados, que a menina esteja viva,de boa saúde, e linda como é, e que, realmente , eu eteja errada e que os pais não tenham mesmo nada a ver com tudo isto, que nos deixa tão revoltados.

Ninica disse...

Eu também me custa falar nisto, não tenho filhos, mas há certas coisas para mim difíceis de entender...tenho um certo "receio" do que se vai ainda descobrir...
jokas..

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue