quinta-feira, junho 21, 2007



Uns sabem outros não que estive ligada ao ensino durante alguns anos.


Logo no 1º ano tive algumas experiências interessantes mas a que se passou com uma "colega" que leccionava francês foi algo imbatível.


O programa de Geografia do 8º ano era na altura, agora não sei, virado para a Geografia Humana e a Agricultura era um dos temas desenvolvidos. O dia do agricultor assinalava-se nesse dia na Estação Nacional de Melhoramento de Plantas de Elvas e eu, colocada numa escola a 18km, resolvi falar com os meus alunos sobre triticale por ter sido naquela Estação Nacional que este "híbrido" foi estudado e desenvolvido.


Para quem não sabe o triticale resulta do cruzamento entre o Trigo e o Centeio...


Parece algo inofensivo não parece? Pois para a minha colega de francês que era mais "beata" que qualquer velhota lá da vila, que tinha umas pernas cheias de pêlos por achar que era contra a lei de Deus fazer depilação e outras coisas no género...esta frase simples deu origem a um ataque de fúria tendo entrado de rompante pela minha aula a gritar que eu era uma herege e que devia ser já escorraçada daquela escola por estar a ensinar aos alunos coisas que iam contra as leis de deus.


Fiquei de boca aberta...até que percebi que a maluquinha de arroios lá do sítio estava a ouvir à porta e que quando ouviu dizer que o triticale resultava do cruzamento do trigo com o centeio deve tê-los imaginado em escaldantes cenas de sexo...e vá de entrar aos gritos por ali dentro...e eu resolvi pura e simplesmente chamar alguém do Conselho Directivo para que a internassem num hospício.


Deve ter sido isso que fizeram porque nunca mais lhe pus a vista em cima. Soube depois que ela tinha por hábito escutar às portas e sempre que ouvia algo que lhe parecia "blasfémia" ou "obsceno" fazia a gracinha que me fez a mim...


Já imaginaram quantas doidas devem ter as escolas deste país??




Foto: imagem aproximada da beata armada em prof de francês.

5 comments:

Para sempre, Maria disse...

Grande doida!
Mas, sabes, tenho ideia que todas as minhas professoras de francês, alemão e latim eram apanhadas...as de Inglês eram mais ou menos normais...e toda a gente concorda!

beijo

Marronco disse...

Triticale? Hummm...
Não estarias a invocar, talvez em francês arcaico, aquele-que-não-se-pode-dizer-o-nome-mas-que-toda-a-gente-sabe-quem-é?
Assim já se percebia...
:-P

Repórter disse...

Há muita gente dessa por metro quadrado.

Bruno Plácido disse...

:) já estou a imaginar essa cena de sexo ardente entre o trigo e o centeio...
Fico contente por saber que foste pioneira em aulas de educaçao sexual!!! :D:D::D

Bjs, Bruno

Eskisito disse...

Eu a essa gente só lhes fazia uma coisa...a sério...
Mas, na minha existem hoje umas com umas psicoses igualmente giras.

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue