terça-feira, junho 12, 2007
A Maria desafiou-me e eu não resisti...
Gosto de ler...aliás tenho fases em que devoro livros, outras em que leio apenas...(é eu sei que não é fácil perceber qual é a distinção mas para mim é simples).
Já li por fases também. Por ex li duma assentada tudo o que escreveu Brian Weiss, tudo o que encontrei sobre reencarnação...
Mas não me obriguem a ler Saramago por favor...nem Paulo Coelho...
Quanto aos autores que não dispenso em 1ºlugar está Eça de Queirós, já se deram conta que a sociedade de hoje não é assim tão diferente da sociedade descrita por Eça?
Os clássicos portugueses continuam a ser os meus preferidos.

Não gostei muito, no fundo é mais um romance de amor que nada de novo acrescenta a tantos outros...alguém que se casa apenas para não ficar solteira e que depois traí o marido que por sua vez tenta dar-lhe uma lição levando-a para uma zona onde uma pandemia está a dizimar a população e onde não tem as comodidades a que está habituada. No final fica viúva...
Uma história muito divertida sobre a vida dum cão no seio duma família e a importância que aquele cão, considerado o pior do mundo acaba por ter em todos os membros da família que vai crescendo. É uma história simples de como é importante o amor e de como um animal pode retribuir todo o carinho recebido. Adorei.
Nim...pois é mais um livro sobre a temática iniciada com o Código Davinci...mas escrito por um português.
Parece fácil alcançar o sucesso ao ler este livro...mas se calhar só lê-lo não nos garante nada mas também não faz mal nenhum se o lermos. Ou seja é daqueles que não fazem bem nem mal...como o Melhoral.
Adorei. Uma história verídica que nos mostra como por vezes basta alguém interessar-se para mudar o mundo duma criança. Um livro que recomendo a todos sobretudo aos meus amigos Profs.


3 comments:

Repórter disse...

Brian Weiss, esse médico norte americano que se tornou quase num Deus...
Bom gosto. É de ler, de fio a pavio.

Cada vez mais.
Consumismo com ele não existe.
O que nele podemos "ver" é o ser humano. Aqui ou mais além.

Beijito.

Para sempre, Maria disse...

Saramago não??? Mas que raio...o homem escreve tão bem...não acredito.Fico triste.snif...Lê o "Ensaio sobre a cegueira" a sério. DEpois dizes qualquer coisa.

Quanto ao Paulo Coelho, continuo a dizer que é um autor que me marcou, mas agora não tenho a mínima pachorra. Recomendo o "Alquimista".

Bjo

Dina disse...

Destes livros recomendo vivamente dois...a história verídica de Marley e A criança que não queria falar, este último especialmente aos Srs profs, é baseado num caso verídico e mostra como pode ser importante o papel de um professor na vida/salvação de uma criança.

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue