terça-feira, maio 27, 2008



Sabiam que hoje é o Dia Internacional dos Vizinhos??
Começou a celebrar-se em 2003 em França e desde 2005 que se comemora também no nosso País. Este ano passou de Europeu a Internacional com celebrações nos Estados Unidos e Japão entre outros pontos do Mundo.
Entrem aí no blog dos vizinhos e vejam o que está previsto para este dia na vossa zona.
Há quem tenha bons vizinhos...a quem ainda se pode pedir um raminho de salsa e outros que nem sequer conhecem a cara do vizinho do lado ou da frente.
Tenho a sorte de viver num sítio onde ainda se cultiva o bom relacionamento entre vizinhos.
Se me esquecer da chave em casa...bato á porta da minha vizinha e utilizo a chave que lá tenho para estas eventualidades.
Não sou das pessoas que gostam de andar em casa dos vizinhos, nunca passei da entrada da casa dessa minha vizinha mas falamos muito , normalmente à porta da casa dela porque gosta de se sentar nos degraus quando o tempo está bom.
E vocês? São bons vizinhos? Têm bons vizinhos?

11 comments:

Espectacologica disse...

Ahhhh vizinhos, vizinhos só te tenho a ti e à Maria, mais os respectivos maridos, mas como são vizinhos a uma certa distância não sei se vcs contam como vizinhos... contam? :)

Bruno disse...

vizinhos?? O que é isso? Aqui em Lisboa isso existe?

Aiiii que saudade do meu Alentejo... aí sim!! :)
(sao tao bons que ate às vezes se metem nas nossas vidas!!) :)

Pitanga Doce disse...

Vizinhos? O melhor é ser apenas cordial. Ajudar quando precisam, sem muita intimidade. Não costuma dar certo. Aí em Portugal, quando ia à aldeia, via a amizade dos vizinhos, mas é porque todos se conheciam desde crianças e os pais dos pais, também. Na cidade é quase impossivel. O morador do apartamento ao lado não será o mesmo no ano que vem. É pena, mas é assim que é.

beijos vizinha de longe.

Dina disse...

Ó Vizinha São...tu tens muitos vizinhos, são é daqueles que não interessam a ninguém...
Bruno olha que mesmo no Alentejo há já quem não conheça os vizinhos...
Pitanga por um lado concordo contigo por outro tenho pena que tenha que ser assim. Aqui onde vivo ainda podemos conversar e ter convívio com os vizinhos mas eu vivo numa terra sui generis: tem a parte histórica onde as pessoas ainda se conhecem e convivem e uma parte onde a situação já deve ser diferente.
Beijinhos vizinha do outro lado do mar!

fj disse...

Tenho cultivado por onde passo/resido temporariamente, algumas amizades que perduram, motivados exactamente por isso mesmo, a situação de vizinhos.
100Dúvida que, no q respeita a vizinhos do local de residencia habitual, modestia á parte sou um bom vizinho e tb tenho a sorte de ter bons vizinhos.
Essa ideia que o ppl q vive nas cidades, não se conhecem, não concordo com ela. Seria muito mais adimissivel dizer, "não quero dar confiança aos meus vizinhos".
É preciso fazer algo para se "conviver" 100ser necessario andar em casa de uns e outros.
Acho que tem mais a ver com a maneira de ser das pessoas. Do pouco q se querem dar a conhecer, julgando-se auto-suficientes e que em nada precisam de ninguém.
A maioria entram no seu espaço e só de lá saiem, no outro dia, descendo em silencio, de olhos pregados no chão do elevador(na maioria da x sem um simples bom dia)ou entao encolhendo-se num vão de escada enquanto se cruzam, com receio de alguma doença efectocontagiosa.
enfim!...
A mim assusta-me saber q há pessoas q vivem e utilizam espaços comuns nos edificios durante mais de meia-duzia de anos sem saber pelo menos um dos nomes de um qq vizinho.
bjinhos

ps: belo tema este para discussão.
É por estas e por outras q cada vez leio ou ouço opiniões diversas por aqui e por ali, gosto mais de ser como sou!!!

Dina disse...

FJ- Concordo contigo a 100%. Gosto de viver aqui por isso mesmo, porque aqui as pessoas ainda são "gente"...gosto de ver a minha vizinha de 70 e tal anos sentada na sua porta vendo quem passa, tomando o fresco no Verão...
Que pena não sermos mais "vizinhos"...íamos ter oportunidade de trocar vários dedinhos de conversa!

Grilinha disse...

Vivi até aos 25 anos num pátio de Lisboa.

As portas ficavam no trinco ou encostadas e havia sempre uma chave no vaso das flores.

Os passeios de Domingo eram combinados entre os vizinhos e as vizinhas (pais e mães) e lá íamos todos para um pic-nic ou para a praia.

Há 25 anos que vivo num condominio de 10 apartamentos e não sei quase nada da maioria de quem cá vive.

O mais que sei é agora desde que estou em casa reformada pois quando trabalhava nem os conhecia a eles e nem eles me conheciam a mim.

Tenho saudades da minha vizinhança de outrora.

fj disse...

Alguma coincidencia :(

ao ler os comentarios deixados pelos amigos acima, dps de publicar o meu, achei por bem, voltar para esclarecer uma coisa.

Quem me conhece, sabe q nunca leio os comentários antecedentes para depois escrever ou dar a minha opinião.
Porém pode acontecer num caso ou outro, com um tema um pouco mais especial.(como é o caso dos resultados do nosso Sporting..LOL )

Para q não restem duvidas, o meu comentario nada tem a ver, com ou como resposta aos que o antecedem.

Que fique bem claro!

fj disse...

Dina

varios dedos de conversa??
uiiiiii imaginando...eheheh!

mais vizinhos???
pelo q vi ha tempos no teu blog, ha por aqui umas casitas por perto q estavas com algum interesse...ou ja não? :D

Dina disse...

FJ-Interesse eu tenho...mas falta-me o principal...por isso vou ficando por aqui e sonhando com essa casa que é mesmo a minha cara.

Dina disse...

Grilinha já vivi em prédios e nunca me adaptei por isso mesmo, parecem celas de isolamento...aliás no meu outro blog do sapo escrevi sobre isso mesmo.
Vou recuperar o texto.

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue