sexta-feira, maio 11, 2007
Depois de Cristiano Ronaldo agora foi a vez de David Beckham fazer um apelo.



Madeleine cumpre este sábado 12 de Maio 4 anos. A melhor prenda que poderia receber era voltar para junto da família. Neste fim de semana em que tantos e tantos fiéis rumam a Fátima e em que se assinalam 90 anos das aparições na Cova da Iria oxalá se lembrem de Madeleine e de todas as crianças que passam por tanto sofrimento.

É por isso que me custa cada vez mais a acreditar que existe um Deus misericordioso como a igreja tanto apregoa. Se ele existisse e fosse assim tão bondoso e tão misericordioso permitiria que estas atrocidades acontecessem? Permitiria que o mundo fosse cada vez mais horroroso?

Se existe está na hora de provar isso...

7 comments:

Eskisito disse...

Como se pode ler na Bíblia, Deus é vingativo e faz pagar quem não se rege segundo as suas regras. Logo, isto tudo deve fazer parte da sua vingança.

Repórter disse...

Deus não é exclusivo da igreja católica.
Este não é o local para dissecar o assunto.
Bom fim de semana

Repórter disse...

Os nossos pedidos por Madeleine valem o mesmo que os de Beckham e Ronaldo ou estes têm valor acrescentado?
Será pelo marketing? É, deve ser isso.

Pormenores à parte, queremos a Maddy de volta.
Parabéns minha linda menina.
Um beijinho especial.

Franky disse...

Custa-me acreditar que um Deus bondoso, omnipotente e misericordioso que comanda os destinos do homem, não consiga evitar o sofrimento de uma criança, desta e de todas as outras, que a única culpa que têm é terem nascido.
Como dizia o Poeta, “Mas as crianças Senhor porque lhes dais tanta dor, porque padecem assim”.

Para sempre, Maria disse...

Se isto tivesse acontecido há uns anos eu optaria por rezar, rezar muito. Quanto mais não fosse por descargo de consciência. Agora não consigo fazê-lo. Não sei bem porquê.
E, já agora, discordo do Repórter: este é o local para se dissecar o que se entender. Não é por questionarmos as atitudes de Deus que pomos em causa a sua existência. Eu,pelo menos não ponho. Longe vai o tempo dos dogmas meu caro.

Repórter disse...

Interpretou-me mal, "maria".
Eu não disse o que vc disse que eu disse.
O que eu disse, e repito convicto, é que Deus não é exclusivo da igreja católica.
Dissequemos, claro, mas interpretando bem ou, pelo menos perguntando...na dúvida.
Saúdo-a.

Para sempre, Maria disse...

Meu caro eu não "disse o que disse". Eu, simplesmente, expressei a minha opinião, sendo que é esse o objectivo da blogoesfera. Aliás, o blog em que nos encontramos tem esta particularidade, debruçarmo-nos sobre as coisas simples...simplifiquemos então.

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue