terça-feira, abril 07, 2009
Que o mar vire cerveja e os homens aperitivo, que a fonte nunca seque, e que a nossa sogra nunca se chame Esperança, porque Esperança é a última que morre...
Que os nossos homens nunca morram viúvos, e que os nossos filhos tenham pais ricos e mães gostosas!
Que Deus abençoe os homens bonitos, e os feios se tiver tempo...

Deus...
Eu vos peço sabedoria para entender um homem, amor para perdoá-lo e paciência pelos seus actos, porque Deus, se eu pedir força, eu bato-lhe até matá-lo.

Um brinde...
Aos que temos, aos que tivemos e aos que teremos.

Um brinde também aos namorados que nos conquistaram, aos trouxas que nos perderam, e aos sortudos que ainda vão conhecer-nos!

Que sempre sobre, que nunca nos falte, e que a gente dê conta de todos!
Amén.

P.S.: Os homens são como um bom vinho: todos começam como uvas e é dever da mulher pisá-los e mantê-los no escuro até que amadureçam e se tornem uma boa companhia para o jantar.



Recebido por email

4 comments:

Tite disse...

Eu calculei que tivesses bebido um bom vinho e depois tivesses dito tudo isto mas.. afinal, uma mulher bem resolvida, diz tudo isto sem necessitar de beber uma gota de mar transformado em cerveja.

Bem hajam por ser assim...

Pitanga Doce disse...

"Que sempre sobre, que nunca nos falte, e que a gente dê conta de todos"!

O diabo é quando eles começam a não dar conta DE NÓS, Ó DINA!!!!!!
Aí nem com vinho a coisa vai. hehehehehehehe

elvira carvalho disse...

Passei. Deixo um abraço, e votos de feliz Páscoa

Tiago disse...

AAHHH! adorei! ehehehe :p

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue