domingo, abril 22, 2007

Que saudades do tempo em que num domingo de manhã, uma manhã como hoje, abria a porta e me sentava na varanda a olhar os campos floridos.
Ao longe terras de Espanha mais perto os sons do campo no seu silêncio cúmplice.
Sim o silêncio no meu Alentejo tem sons lindos.
O cantar dos pássaros que escolheram a árvore ali tão perto para morar, os grilos e as cigarras, o ladrar dos cães ao longe...e durante alguns segundos...apenas o silêncio.
Ali sentada na varanda com uma chávena de café na mão, enquanto todos ainda dormiam eu sentia-me livre e em paz.
Fotos emprestadas por Nuno Veiga. Vão lá ver como o Alentejo é lindo.

7 comments:

Repórter disse...

Bom dia. Bom domingo.
Mudaste de cenário? O outro era muito mais agradável. Mais leve.

Beijinho.

Repórter disse...

De novo, bom dia.
Não sei o que se passou mas está tudo como estava.
Não entendo!!!

Xanu disse...

Bom dia, bom domingo!!
Eu é que não entendo nada. Que cenário é que era mais leve? Este com a praia em fundo?
A minha net hoje está um pouco "avariada" e eu estou com dificuldades em visualizar correctamente alguns blogues...será geral??
Beijinhos!!

Repórter disse...

Quando entrei no teu blog pela primeira vez, hoje, estava diferente. O fundo quase todo branco.
Daí, ter feito a observação que fiz.
Alguns minutos depois estava normal.
Sei lá o que aconteceu.
Não ligues.
Beijos.

Xanu disse...

Está visto que não era apenas eu que estava a ver isto assim...aconteceu-me o mesmo mas como a net por aqui anda maluca...
Já descobri pq é que isso aconteceu, tem realmente a ver com a minha net meio avariada, a imagem que tu vês tenho-a eu alojada num servidor e como estou com dificuldades de acesso quando entrámos o blog não estava a conseguir ir "buscar" a imagem. Percebeste? É que para te explicar d'outra forma ainda comlico mais e aí é que ninguém percebe patavina.

Xanu disse...

comlico=complico
:):)
Deve ser de tanto foguete que esta gente por aqui deitou desde as 9h.
Usam foguetes para tudo...hoje foi por causa duma prova de cicloturismo, agora imagina o que vai ser pelo 25 de Abril...é de dar em doidos com tanto morteiro a rebentar aqui por cima. Haja paciência! Na minha terra isto não acontece...

Para sempre, Maria disse...

Como eu a compreendo...os brandos costumes portugueses no ribatejo não abundam...
Enfim...haja pachorra.
O nosso Alentejo...já conto os dias para lá voltar (as horas e os minutos também).
Um abraço

(Parabéns ao fotógrafo...isto nesta altura do mês tudo me dá para choramingar...)

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue