terça-feira, julho 03, 2007
Aqui por esta nossa terra alentejana, somos uma gente muito especial.
Houve até quem dissesse que nós e a nossa paisagem fazemos tão harmonioso casamento quer nos cantares, quer no artesanato, quer na gostosa gastronomia à base de pão que, somos como que “uma pátria dentro de outra pátria”.
A frase é bonita – é !
Mas também é verdadeiro o conceito que encerra.
Lá pelo norte, numa paisagem de verdes perenes as mulheres vestiam-se de cores vivas.
Vermelhos, verdes, esbanjando lantejoulas e enfeites de ouros num hino à alegria, às romarias do colorido das suas vinhas e vergeis.
Por cá, usavam-se cores discretas de tons apagados como que receosos de macular a imensidão da paisagem.


Ler o texto completo AQUI


Já em blogues anteriores, agora guardados na gaveta, tentei dar a conhecer os trabalhos de Maria José Rijo, escritora, poetisa, pintora, artista mas sobretudo um grande Ser humano.
Ainda bem que decidiu juntar-se à Blogosfera e agora podemos ver e ler o que ao longo dos anos tem feito nos vários campos.

4 comments:

Tiago disse...

Gosto do norte, mas para mim, não há pessoas mais simpáticas e com mais energias positivas que as do Alentejo!

Eskisito disse...

Tenho de lá dar o salto...

Para sempre, Maria disse...

Eu lia sempre no "Linhas" os textos da D. Maria José...sempre adorei. Depois havia outros assinados por um tal de JR que me punham doente. Lembras-te?

Dina disse...

Claro que me lembro, um dos seus temas preferidos eram as mulheres que fumavam nos cafés...coitado o Sr já tinha uma idade avançada e na altura dele as coisas eram um pouco diferentes e fazia-lhe alguma confusão ver certas "modernidades" e escrevia sobre isso. :):)

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue