sexta-feira, junho 19, 2009
mas como os de Ascott...duvido!!



Esta senhora não sabe o que há-de segurar...se o chapéu se...



Alguém quer um rebuçado??



Preferem antes uma partidinha de xadrez enquanto os cavalinhos correm??



Este é um dois em um...chapéu e papagaio de papel.



Cheguem para lá...não espetem um pompom no olho...



Quem é que disse que os corvos são aves de mau agoiro??



Mulher prevenida vale por duas...se a fome apertar uns moranguinhos caem sempre bem!

9 comments:

fj disse...

como sou o primeiro nem sequer comento os teus comentarios...antes q me interpretem mal....
gosto especialmente do 1º ... comentario, claro!
;)

lilipat2008 disse...

Este último parece um radar...eheheh...que coisa estranha...

bjitos

Ovinho Estrela(do) disse...

Olá, Dina! :)

Boa tarde! :)

Estou de rastos e vim dar um passeio pelos amigos virtuais para relaxar, antes de me meter num imenso banho de imersão... Foram quase 5 horas debaixo de sol, 35º, a preparar com os miúdos a grande festa final de amanhã. Encerramento do ano lectivo para os meninos e pais.

Mas este post fez-me desactivar a ferrugem acalorada dos dedos, pois gosto imenso de chapéus.

Efectivamente direi que os das fotos são algo arrojados demais, mas criativos e originais e, com certeza, adequados ao momento em que foram usados. Temáticos.

Eu gosto muito de chapéus. Muito. Simples, em palha, desde que tenham um lenço ou uma fitinha de acordo com a cor da minha roupa. Uso-os informalmente, na praia, na aldeia onde temos as casas de férias e na cidade, em dias de muito calor.
Gosto de chapéus mais formais, já usei alguns em festas especiais.

Gosto de usar sempre algo na cabeça, daí a minha tendência para usar gancho a segurar algum cabelo, de acordo com a roupa que escolho para cada dia. Um gancho, uma bandulete, uma fitinha. Gosto.

Também uso lenços na cabeça. Ora abertos em V, ora a dar trejeitos de fita.

Dos chapéus das imagens que deixa, seria muito capaz de usar o do xadrez, mas sem as peças.
Usaria também o do pássaro, mas sem o dito. Aquelas ramadas são muito delicadas e com uma toillete adequada, seria um adereço de apreço. Sem o pássaro, para mim.

Gostei muito deste post, Dina!

Beijo e bom fim-de-semana! *

Pitanga Doce disse...

A primeira não podia nunca usar os vestidos da Norminha. Tem os peitos um tanto assim para o caidinho.heheeh

Dina disse...

Realmente a 1ª é um bocadinho...descaída, daí o meu comentário!

mjf disse...

Olá!
Estes chapéus são uma tradição á inglesa:=(
Mas originais,,,relamnete são:=((

Beijocas
Bom fim de semana

Pêndulo disse...

originais... :-)))))))))

e deixei-te um repto no meu bloguito, com um selinho... bora lá duplamente abuelita?

beijinhos

Júlia Galego disse...

São sempre um espectáculo mais ou menos extravagante os chapéus de Ascott... Os autores, ou têm uma imaginação delirante, ou gostam de gozar com o pessoal...

elvira carvalho disse...

Todos os anos quando vejo os chapéus deste evento penso.
Não conseguem fazer pior. E depois vem o ano seguinte e não é que conseguem?
Um abraço e bom fim de semana

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue