terça-feira, janeiro 06, 2009


Vamos cantar as janeiras
Vamos cantar as janeiras
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas solteiras

Vamos cantar orvalhadas
Vamos cantar orvalhadas
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas casadas

Vira o vento e muda a sorte
Vira o vento e muda a sorte
Por aqueles olivais perdidos
Foi-se embora o vento norte

Muita neve cai na serra
Muita neve cai na serra
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem tem saudades da terra

Quem tem a candeia acesa
Quem tem a candeia acesa
Rabanadas pão e vinho novo
Matava a fome à pobreza

Já nos cansa esta lonjura
Já nos cansa esta lonjura
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem anda à noite à ventura

Vamos cantar as janeiras
Vamos cantar as janeiras
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas solteiras

Vamos cantar orvalhadas
Vamos cantar orvalhadas
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas casadas

6 comments:

Pitanga Doce disse...

Estou à janela. Se passares aqui eu abro a porta.

beijos e traz o bolo rei

Nuno Medon disse...

Olá! Linda música :). Estou a ouvi-la neste momento! Continuação de um bom dia de Reis para ti e tua família. beijos

Maria Anjos Varanda disse...

Adoro esta música....

Beijos

Grilinha disse...

Agora fiquei a trautear a cantiga.

Como é que vou adormecer?

vamos cantar as janeiras, .... lá lá lá lá

AP disse...

É a ler posts destes que eu "mato" as saudades de casa. Obrigado!

Dina disse...

Espero que todos tenham cantado muito...
AP foi um prazer saber que isso te ajudou a passar melhor o dia, tal como à Pitanga.

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue