sexta-feira, junho 06, 2008

Desde miúda que me lembro de ver leques lá em casa, normalmente com imagens de Espanha, país onde este objecto sempre foi muito utilizado.
Quando não se sabia o que oferecer a alguém mais velho...lá se comprava um leque.
Ida a Badajoz se se trazer mais um para a colecção nem pensar...
Durante muitos anos associei o leque a velhice ou a caminho disso.
Sempre ouvi dizer que não há nada que se pague mais depressa que a língua (entenda-se má língua, má intenção, e coisas afins)!!
Hoje sou eu que não passo sem um leque assim que o calor começa a apertar...

Sabiam que há leques próprios para cada ocasião? E caros...

Hoje a maior parte dos leques são vendidos (como tantas outras coisas...) pelos chineses.


É para lá que eu vou já a seguir...que não aguento o calor que está!!

4 comments:

delta disse...

Já andas de leque??? :) :) :)

Os meus avós cada vez que iam a Espanha traziam sempre leques... :)

Está tudo bem contigo?

Beijinho

Tite disse...

Dina amiga,

Que tal uma ida ao médico para tratar esse pequeno probleminha?

Há umas pílulas altamente, que reduzem o calor do corpo e não necessitas de andar com tais acessórios que tão colados estão à tal imagem da tua infância.

Just an advise!!!

Jokas

dualidades np disse...

A temperatura já começou a subir...
Faz bem de recorrer ao leque para se refrescar.
Bom fds!

elvira carvalho disse...

Pois o médico ainda não lhe receitou o Livial? Acaba com isso e com outras coisas mais. Mas atenção, não é para ir aviar. É T.H.S. e só se faz a conselho médico e depois de fazer exames.
Entretanto use o leque, que os há lindos.
Um abraço e bom dim de semana

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue