segunda-feira, dezembro 11, 2006

...o fim-de-semana.
Perguntarão vocês e com razão porque me preocupo com isso se até sou dos que vivo dos rendimentos (do marido) e por essa razão ser fim-de-semana ou não é-me indiferente...
Aí é que se enganam porque fim-de-semana é sempre fim-de-semana.
É altura de ter a filha mais nova em casa, de fazer as comidinhas todas que ela gosta, de rir com as coisas que o namorado dela vai dizendo, sim porque eu sou uma sogra fixe...
É altura de assar castanhas na lareira enquanto vemos um filme ou jogamos ao Buzz...
Ou então há fins-de-semana em que posso ser avó por um bocadinho e encher de beijos e de carinhos o meu neto, mesmo que por pouco tempo já que vivemos a 200Km de distância.
Resumindo no fim-de-semana a casa ganha nova vida...
Quase se pode dizer que neste aspecto faço parte da maioria dos portugueses...vivo a pensar e a esperar pelo próximo fim-de-semana.

3 comments:

Marronco disse...

E queres que te diga uma coisa?
Então está bem, eu digo: Também eu!
:-P

Anónimo disse...

Olá Xanu, também eu adoro os fins de semana, por muitas e variadas
razões,gosto particularmente de ir depois de almoço, com o "maridão"
dár um passeio a pé, aqui na Avenida ao pé de casa, que é ladeada de àrvores, caminhar... devagar... de mãos dadas a conversar.
Ainda ontem fomos... e ao fim da tarde, acender a lareira, hummm
que delícia, são coisas como estas
simples que nos fazem tão felizes!

Beijinho,
Donzília

Reporter disse...

Há muita gente com esse pensamnto em permanência.
É bom sinal. O amor familiar move-as.

Um beijinho, Xanu.

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue