terça-feira, Maio 09, 2006

As reacções dos cérebros dos homossexuais às hormonas sexuais masculinas e femininas são diferentes das dos heterossexuais, mas essa diferença é menos pronunciada nas lésbicas do que nos homens homossexuais, indica um novo estudo.

O estudo, realizado por cientistas suecos e hoje publicado na
revista norte-americana Proceedings of the National Academy of
Sciences, reforça a teoria de que a orientação sexual não é um
comportamento adquirido, mas tem uma causa biológica.

Além disso, "mostra que a orientação sexual pode ter uma base
diferente entre homens e mulheres", afirmou Sandra Witelson,
especialista em anatomia cerebral e orientação sexual da Faculdade de Medicina Michael G. DeGroote da Universidade McMaster, em Hamilton
(Canadá).

A reacção cerebral das lésbicas a uma hormona feminina assemelha-se mais à dos homens heterossexuais do que à das mulheres
heterossexuais, mas a reacção cerebral dos homens homossexuais às hormonas masculinas parece-se menos com a das mulheres heterossexuais, explica Ibanka Savic, do Instituto do Cérebro, de Estocolmo, co-autor do estudo.

O mesmo grupo de investigadores, em trabalhos realizados há um
ano, descobriu que as respostas do cérebro dos homens homossexuais eram semelhantes às das mulheres heterossexuais, mas essa diferença em relação aos homens heterossexuais era menos pronunciada do que a constatada agora entre as mulheres.

No estudo foi pedido a um grupo de 36 voluntários - divididos
em três grupos, entre os quais 12 lésbicas - que cheirassem
substâncias químicas derivadas de hormonas sexuais (feromonas) tanto femininas como masculinas, juntamente com outros aromas, enquanto os seus cérebros eram examinados.

Em muitos animais, estas substâncias activam reacções de
defesa ou de atracção sexual.

Segundo as conclusões do estudo - financiado pelo Conselho de
Investigações Médicas do Instituto Karolinska e a Fundação Wallenberg - as mulheres heterossexuais acharam igualmente agradáveis as feromonas masculinas e femininas, enquanto que os homens heterossexuais e as lésbicas preferiram as feromonas femininas às masculinas.

Por outro lado, tanto os homens heterossexuais como as lésbicas consideraram a hormona masculina mais irritante do que a feminina, e a maioria das mulheres heterossexuais teve a mesma reacção em relação à hormona feminina.

Nos homens heterossexuais a hormona masculina provocou uma
reacção na área do cérebro relacionada com o sentido do olfacto,
enquanto que a feminina fez reagir o hipotálamo, que está ligado à
estimulação sexual.

Nas mulheres heterossexuais, foi a zona sexual do cérebro que
reagiu à hormona masculina, enquanto que a hormona feminina provocou uma reacção na área olfactiva.

Nas lésbicas, tanto as feromonas femininas como as masculinas
desencadearam reacções no centro olfactivo do cérebro, afirmaram os investigadores.

www.lusa.pt

2 comments:

eloice disse...

eu sinto-me muito atraida por rapazes,mas tambem gosto de mulheres,sinto vontade de beijar,acariciar quanto xtou muito proxima de uma.Gostaria que me desses umas dicas do que eu devo fazer pra acabar com esttas vontades estranhas.

Anabelle disse...

É muito normal essas vontades, tudo passa. Eu também estou passando por elas nesse momento, e já beijei uma garota. Não foi nada de mais. =)
Acho que sou lésbica, mas nem sei ainda.

Blogues da Minha Filha

Rádio Aqueduto

Seguidores

Arquivo do blogue