quinta-feira, março 22, 2007



...faz o que vês fazer!!
E quando o exemplo não vem de cima querem o quê? Milagres??
Meio da tarde na A1 entre Alhandra e Alverca. O trânsito começa a intensificar-se. Faixa mais à direita alguns camiões mas a andarem bem..Faixa do meio como sempre cheia (ainda não percebi a atracção que as pessoas sentem por esta faixa). Faixa da esquerda carros a alta velocidade.
Bom...lá tem que ser, coloco-me na faixa do meio para ultrapassar um camião mais lento, depois tenho que ir até à faixa da esquerda para ultrapassar uns quantos carros que ali vão quase em marcha lenta e...qual é o meu espanto quando percebo que isso se deve a um carro da Brisa que apesar de ter espaço livre na faixa da direita segue na do meio a velocidade reduzida...
Porque será? O que impede o condutor da Brisa de usar a faixa da direita ou então de ir um pouco mais depressa ?? Fico curiosa e resolvo ultrapassá-lo para tentar perceber o que se passa.
Espanto dos espantos...não se passa nada demais...o Sr que conduz o carro da Brisa vai apenas a conduzir enquanto fala ao telemóvel.

A mulher de César não precisa apenas de parecer séria...tem que o ser.
Neste caso se nem os empregados da concessionária das auto-estradas dão o exemplo, querem que sejam os "normais" utilizadores a fazê-lo?

2 comments:

Repórter disse...

Aí está um dos (maus) exemplos que esses senhores dão.

Nokas disse...

O problema é que o português só age em conformidade com as regras se for coagido a isso.
Mas quem controla os controladores?

Beijinho

Blogues da Minha Filha

Seguidores

Arquivo do blogue